segunda-feira, 31 de maio de 2010

Você se considera preparado para utilizar computadores na sala de aula?

Foi matéria da revista Nova escola em uma edição especial no mês de dezembro do ano de 2009 a seguinte manchete Formação para trabalhar com tecnologia: o grande desafio de quem ensina. Sem uma equipe capacitada, o que se vê são professores que aproveitam a sala de informática para deixar os alunos trabalhando sozinhos e escolas que nem sequer utilizam os laboratórios existentes.
Nesta matéria a autora Melissa Diniz, nos traz alguns dados alarmantes sobre o uso das tecnologias na educação, entre eles: o fato de que 72% dos entrevistados acham que o curso de graduação os preparou pouco ou nada para o uso da tecnologia na escola. E que apenas 15% afirmaram ter recebido formação para o uso de tecnologias aplicadas à Educação.
Ambas informações apenas afirmam uma realidade que já conhecemos, o despreparo de nossos professores face as novas tecnologias.
A nossa sociedade passa hoje por períodos de grandes progressos e avanços tecnológicos, portanto o Professor precisa buscar a tão famosa formação continuada. O seu desejo deve estar em nunca cansar-se de aprender, ter humildade para reconhecer seus limites, e quando necessário buscar capacitar-se em curso fora de seu ambiente de trabalho.
O uso da TIC’s na educação não somente é de suma importância como também deve ser bem analisado. Não deve acontecer de modo alienado ou não planejado. Pelo contrário, deve ser um recurso a mais, para auxiliar professor e aluno no processo de ensino-aprendizagem.
Deste modo voltamos ao início desta mesma matéria, a questão que nos é colocada pela autora: - Você se considera preparado para utilizar computadores na sala de aula?
Reflita sobre este questionamento e decida sobre qual será a sua posição, se ficar parado ou se será correr atrás do tempo perdido e buscar a sua melhor formação.

Para ler mais: http://revistaescola.abril.com.br/formacao/formacao-continuada/o-grande-desafio-de-quem-ensina-519559.shtml

Por Rayssa Maria, 3° período, Noite

23 comentários:

  1. Rita, 3° período, manhã31 de maio de 2010 17:19

    Penso que o professor (a), deve está sempre em busca de novos conhecimentos de uma maneira geral. Como as tecnologias, estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas, (embora não acessível á todas) é de extrema importância que a Escola seja capaz de proporcionar o uso das Tic's pelos alunos. Mas acho que além do professor que deverá "dar sentido á atividade", deve existir também um técnico, que auxilie o professor na utilização desse recurso.
    Somos privilegiados por ter essa disciplina em nosso currículo...

    ResponderExcluir
  2. A formação continuada é de estrema importância sim principalmente para uma discussão tão recente que é a tecnologia na educação. Mas infelizmente não é isso que se Vê nas escolas, principalmente as públicas. A utilização das TIC'S em sala de aula não deveria ser algo subjetivo, cada professor que tenha consciência e pronto, mas deveria ser algo levado mais a sério pelos próprios orgãos competentes, quando me refiro a supervisão desses professores, se realmente a utilização está acontecendo. Sabemos que infelizmente a educação, principalmente das escolas públicas, é de uma precariedade tremenda, mas tamb´me está sendo observado que o governo,(me refiro a prefeitura de JP) está investindo nas tesnologias nas escolas. o que não estou vendo é o envolvimento do professor diante desta nova realidade. Se estou preparanda para enfrentar isso em sala de aula? com certeza, e a busca do melhor é constante. Estou preparad pq estou tendo a oportunidade de cursando em minha graduação, mas quem não teve?? a formação continuada, a meu entender, é para capacitar mais e mais esse professor que não teve oportunidade em sua graduação de estudar esse tema. Com isso, deveria ser obrigatório o uso das tic's pelo professor em sala de aula, jah q este foi preparado anteriormente em sua graduação ou na formação continuada.

    Gabriela Maria, manhã, 3º periodo

    ResponderExcluir
  3. Anaí Silveira-3º período-tarde-G3.31 de maio de 2010 18:22

    Olá Rayssa, muito importante o questionamento que você levanta em sua publicação. Nós professores, devemos nos apropriar de todo e qualquer recurso existente, para o aperfeiçoamento do nosso trabalho, e as Tic's não podem ficar de fora dessa busca. Não podemos ficar parados no tempo, mesmo aqueles que não tem muita intimidade com as novas tecnologias, não devem desistir de procurar ajuda. Parabéns pela abordagem do tema.

    ResponderExcluir
  4. A preparação para lidar com a tecnologia na sala de aula não é algo fácil de se obter para pessoas com formação mais clássica.

    Eu mesma tenho dificuldade para acompanhar esse avanço tecnológico da atualidade. Ainda não me dou muito bem com o uso de tecnologias para meu próprio uso pessoal, o desafio agora é estar apta a lidar bem com os vários recursos disponíveis para melhor exercer a minha profissão.

    Acredito que este deve ser um desafio de muitos de nós professores.

    ResponderExcluir
  5. O computador não é algo novo, nem as ferramentas para utiliza-lo.Mas é necessário que os educadores saibam como utilizar esse intrumento a seu favor.O problema é que nem todos os professores estão preparados para isso,é preciso que eles primeiramente aprendam o que fazer com os recursos que a tecnologia oferece.Acredito que estou preparada para utilizar a TIC'S em sala de aula, pois estou cursando em minha graduação.Creio que seja mais difícil para um educador que não teve essa oportunidade.
    Parabéns pela postagem!

    ResponderExcluir
  6. Ana Patrícia,G1-vespertino1 de junho de 2010 17:59

    Essa abordagem foi ótima.Realmente muitos professores em geral ainda não se encontram preparados para utilização das TICs em sala de aula,alguns não sabem nem ligar um computador.Claro que é muito importante uma formação continuada para que esses profissionais aprendam a dominar essas ferramentas que a cada dia se torna mais presentes em nossa realidade,porém a escola precisa estar preparada para receber essas tecnologias,ou seja ,precisa existir um trabalho em parceria de ambas as partes interessadas na melhoria do ensino-aprendizagem.

    ResponderExcluir
  7. Maria Gorete,G1-VESPERTINO1 de junho de 2010 18:05

    O computador de fato já se existe a muito tempo,mas muitos profissionais ainda não fazem uso porque não conseguem dominar essas ferramentas ou já estão acomodados com os conhecimentos que já possuem,deixando de lado a sua formação continuada.Pois um bom profissional deve se reciclar sempre.

    ResponderExcluir
  8. Ataíze Anália,G1-Noturno1 de junho de 2010 18:10

    Eu já consigo dominar muitas ferramentas,mas não quero parar por aqui.Sei que para me tornar uma boa profissional preciso contiuar tendo a curiosidade e a persistência de aprender cada vez mais.

    ResponderExcluir
  9. Essa postagem e a provocação que ela levanta é fundamental porque norteia a discussão da unidade III de nosso plano de curso: Formação docente para o uso das TICs. Procurem articular as informações contidas nos documentos oficiais que estudaremos com os dados apresentados nesta matéria e oriundos de nossas experiências nas ecolas.

    ResponderExcluir
  10. ELANE CANDIDO.G.8 TARDE2 de junho de 2010 12:56

    Importante comentário,muitos professores em ainda não se encontram preparados para utilização das TICs em sala de aula,eu mesmo tenho dificuldade.Porém tenho que correr atrás do tempo para acompanhar esse avanço tão importante para educação.

    ResponderExcluir
  11. É sabido que o professor deve está antenado a tudo que venha acontecer de novo na educação, ele não pode deixar as maravilhas que a tecnologia propociona ao docente e ao dicente.O professor precisa de auxílio básico para se adeguar as mundanças.

    ResponderExcluir
  12. Luciana Ipolito, Vespertino, G5.4 de junho de 2010 06:57

    Muito boa essa abordagem...o professor precisa estar sempre se atualizando. De nada adianta investir em recursos tecnológicos se não se capacita os profissionais que estarão lidando diretamente com este processo. Tão importante quanto a utilização é a capacitação.

    ResponderExcluir
  13. Esta matéria da revista nos faz refletir sobre o que está acontecendo de fato na maioria das escolas, em que os professores tornam-se cada vez mais distanciados dos mecanismos tecnológicos e outros não se sentem estimulados para aprenderem a manusear o computador em benefício do aluno, por estarem despreparados.
    Desta forma, cabe aos futuros educadores e aos que já atuam na área educacional, estarem atentos as constantes transformações sociais e diante disto adquirirem a vontade de conhecer o novo.
    Camila Ameida. 3º Período. Noite

    ResponderExcluir
  14. Tuana Porto - Turma 02(tarde) - G77 de junho de 2010 19:20

    ótima postagem! Eu particularmente não me sinto totalmente preparada para a utilização de todos os recursos necessários..Porém axo que uma base muito boa para começo dos estudos estamos tendo com a disciplina Educação e tecnologias!É necessário além disso, um maior aprofundamento para superar-mos as barreiras e obter melhores preparações!

    ResponderExcluir
  15. Sim eu me sinto preparada, mas a tecnologia se amplia e renova-se a cada dia é preciso ficar ligado ao novos, e está sempre atento para não deixar que a tecnologia passe e nos deixe para trás.
    Roberya Viana / 3º Período / G6 / turma 2 - tarde

    ResponderExcluir
  16. Com base no novo currículo nós do curso de pedagogia já estamos um pouco a frente do currículo anterior, pois cursamos a disciplina educação e tecnologia, mas com certeza o estudo continuado garante com que os docentes dê continuidade ao estudo.

    ResponderExcluir
  17. Janaine Farias 3º Período Noite11 de junho de 2010 17:10

    Nós que fazemos parte do curos de pedagogia, estamos a frente de muitos profissionais da educação, pois no tempo da sua graduação não existia a disciplina educação e tecnologia e também ressaltar a importância da formação continuada para a capacitação do profissionais da educação.

    ResponderExcluir
  18. Mª da Conceição Rabelo11 de junho de 2010 17:17

    Concordo com as palavras de Janaine e Alex, pois somos privilagiados com esse novo currículo, mas devemos sempre buscar a formação continuada para passarmos para nossos alunos os melhores conteúdos.

    ResponderExcluir
  19. O professor tem que sempre estar por dentro de novos conhecimentos de forma geral.Somos muitos privilegiados como meus companheiros de sala ja falaram,por termos em nosso curriculo a disciplina de Educação e Tecnologia,pois é uma oportunidade de apredermos mais um pouco sobre esses novos avanços tecnologicos.Na minha opnião todos os professores tem que ter treinamentos,pois isso ajudaria bastante em sala de aula.
    Edilane Ferreira 3° Periodo Noite

    ResponderExcluir
  20. Quando falamos no uso da tecnologia no ambiente escolar, pensamos em constantes atualizações dos nossos conhecimentos. Para que a máquina seja um complemento positivo na educação os educadores devem buscar na formação continuada, devem buscar atualizações fora do seu ambiente de trabalho. A disciplina "Educação e Tecnologia" nos instiga a utilizar este novo método no ambiente escolar desde que haja sempre uma preparação para isso

    ALINE MANOELA 3º PERÍODO NOITE

    ResponderExcluir
  21. As questões levantadas são bem apropriadas ao nosso contexto atual de graduandos em Pedagogia, porém, devemos salientar que a profissão de docente não tem atraído os jovens no ingresso da mesma.
    Vejamos por outro ângulo: um profissional da educação que esteja atuando há 20 anos, funcionário concursado de alguma instituição pública contextualizado nas precárias condições de trabalho, salário aviltante...enfim, torcendo para se aposentar. Será que o mesmo está interessado em investir seu tempo em conhecer novos recursos tecnológicos para aplicar em sala de aula?
    Sei que há uma minoria do corpo docente interessada na formação continuada, mas não é o suficiente para atender a demanda.
    É preciso que o entusiasmo permaneça desde o início até ...

    Rosicleia, 3º período - noite

    ResponderExcluir
  22. Muito interessante essa postagem, pois abrange a realidade no qual estamos inseridas, e Rosicléia, também gostei do questionamento que você acrescenta no seu post, pois só a formação continuada não é necessário para que o educador sinta conforto e interesse para lidar com as TICs, já que não precisa apenas de um interesse do professor, mas também mudanças que vem dos formuladores do próprio currículo, já que as mudanças precisam ser nas instituições, nas políticas públicas, no docente e em toda comunidade escolar.
    Portanto, percebo que hoje a UFPB, trabalha de maneira a moldar o educador para a nova realidade, já que encontramos no nosso PPP,a disciplina de Tecnologia e Educação, pois não poderemos mais nos enquadrar naqueles que não possuíram formação para lidar com as TICs, sendo papel nosso, enquanto educadores, procurar retirar o subuso da tecnologia no espaço escolar da escola que trabalhamos ou que iremos trabalhar.

    Lidiane Nayara Nascimento dos Santos, 3º período, noite

    ResponderExcluir
  23. Fernando Monteiro 3º período - noite23 de junho de 2010 08:32

    Educar é sempre um desafio. As diversas realidades sociais no Brasil, são desafiadoras para a realização da educação. Encontramos precariedsde de recursos nas escolas, alguns professores não capacitados, dentres outros desafios. Na utilização dos novos recursos e ferramentas, será que estamos capacitados? No entendimento deste texto da Nova Escola, a presença das TICs no processo educacional, deve suscitar entendimento para aplicação de computadores em sala de aula. Com isso, não basta a escola possuir equipamentos tecnológicos, é necessário segurança, domínio de aplicação dos computadores na sala de aula. Com isso, as matérias e contéudos poderão suscitar interesse para os alunos aprenderem, quando bem aplicados.

    ResponderExcluir

Dialogue conosco, registre seu comentário