sexta-feira, 11 de junho de 2010

As tecnologias da informação e comunicação na formação docente

As últimas décadas do século XX e o início do século XXI se apresentam como um momento ímpar na história da humanidade. É possível atribuir esse movimento de transformação da sociedade, em grande parte, às inovações tecnológicas que hoje permeiam todas as áreas do conhecimento. Contudo, observa-se que o desenvolvimento tecnológico por si só não dá respostas às complexas demandas sociais. É preciso promover o desenvolvimento humana por meio da educação. Na sociedade do conhecimento, a educação se configura como o eixo central. Nesse sentido, faz-se necessário a análise do Projeto Político Pedagógico do curso de Pedagogia de universidades federais brasileiras, de modo a verificar definições que contribuam para a formação do profissional da educação, voltadas para a utilização pedagógica das tecnologias da informação e comunicação. Para tanto´, é necessário observar as transformações na contemporaneidade, fazendo uso de categorias como cultura, formação docente e currículo para refletir sobre a formação do profissional da educação e procurar responder como a formação docente tem contemplado o uso das tecnologias da informação e comunicação como prática pedagógica na atual conjuntura social. Com esses estudos, ampliam-se as discussões sobre a formação docente, na perspectiva da construção de um currículo multicultural e da utilização pedagógica das tecnologias de informação e comunicação, a fim de contribuir para a qualificação do futuro profissional da educação em consonância com a sociedade do conhecimento.


Rúbia de Oliveira Macêdo
3° período - Noite

9 comentários:

  1. Maria Janicleide dos Santos11 de junho de 2010 12:35

    O avanço das novas tecnologias vem certamente modificando a realidade da sociedade, e assim também a educação que é o alicerse da mesma. E vem sim, contribuindo constantemente na formação dos professores, dos profissionas da aréa docente, e dos alunos, um dos mais beneficiados. Assim possibilitando uma maior divulgação da aprendizagem.

    ResponderExcluir
  2. Gicele - turma noite11 de junho de 2010 16:45

    Com certeza a tecnologia esta cada vez mais presente no cotidiano da sociedade, e na educação, tornando-se cada vez mais necessaria para o ensino e aprendizagem.

    ResponderExcluir
  3. Educação e Tecnologia estão bem entrelaçadas. Torna-se até ambíguo quando um não acompanha o outro em termos de desenvolvimento. As TICs por si só não desempenham nenhuma atividade se não houver uma manipulação de alguém que esteja capacitado para tal. Acrescenta-se, também, a frustação dos docentes quando ocorre o desinteresse do receptor - aprendente.

    Rosicleia, 3º período-noite

    ResponderExcluir
  4. Edvada Pereira Silva13 de junho de 2010 04:03

    No caso, resta importante observar que as tecnologias da informação e comunicação devem refeletir principalmnente na formação dos novos academicos e pedagogia, pois por vezes as Universidades não se preocupam em modernizar seus curriculos, isso faz com que ao concluir o curso de pedagogia, os recém formados tenham muitas dificuldades em ingressar no mercado de trabalho.
    Logo, tanto os coordenadores quanto os próprios alunos devem cobrar das instituições de ensino uma constante atualização da grade curricular para que o curso reflita a realidades do futuros professores e permitam que os mesmos tenham uma preparação adequada para as tecnologias que vão ser postas em suas mãos.

    ResponderExcluir
  5. Jéssica, 3° tarde13 de junho de 2010 08:24

    Para mudar esse quadro de não qualificação dos docentes para o uso das Tic's, se faz necessário a formação docente, tendo em vista, que as Universiades devem trabalhar a qualificação dos docentes de acordo com as necessidades emergentes. A priori, refletindo sobre os problemas na educação e suas necessidade, contudo, modificando o currículo de acordo com a epóca em que se vive.

    ResponderExcluir
  6. Hedy Lamar,Noite, G115 de junho de 2010 16:38

    Há uma grande necessidade na qualificação destes docentes para que eles possam a se adequar a estas novas tecnologias que estão aí, prontas para ser desenvolvidas nos ambientes escolares.

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto Rúbia!

    É bem verdade que todos os cursos voltados para a formação de professores deveriam rever o seu PPP e analisar se estão inseridas as novas tecnologias em sua grade curricular, pois assim estaríamos formando cada vez mais profissionais capacitados!!

    Priscila Leite - 3° período - Noite

    ResponderExcluir
  8. Sem duvida as novas tecnologias vem mudando o cotidiano da nossa sociedade,portanto o professor tem que buscar qualificação para uma melhor orientação a seus educando.
    Maria Nazaré Cavalcante de Sousa,3°periodo,noite.

    ResponderExcluir
  9. Concordo. Esse processo de capacitação do profissional da educação deve-se iniciar no decorrer de sua formação acadêmica, isto é, a implementação de mais disciplinas de tecnologia, isso evitaria sua restrição no mercado de trabalho, ou seja, se uma escola tem como plano pedagógico o uso das TICs, ao invés de oferecer um curso de capacitação, esta preferirá contratar outro profissional que possua esse conhecimento, proporcionando economia a própria instituição.

    Petrônio Pereira. 3ºP – Noite

    ResponderExcluir

Dialogue conosco, registre seu comentário