quarta-feira, 28 de abril de 2010

Qual a diferença entre "Informática aplicada à educação", para "Informática Educacional", "Informática Educativa" e “Tecnologias Educacionais"?

Informática aplicada a Educação: a informática é utilizada para o gerenciamento da escola: relatórios de notas, de acompanhamento de alunos, de secretaria, do acervo de uma biblioteca escolar, etc.
Tecnologia Educacional: não se restringe ao uso do computador. Usa também a TV, cinema, DVDs, rádio, fotografia, livros, robótica.
Não há máquina que substitua o professor - e quando isso ocorre é porque o professor o merece. Tecnologia educacional é, por exemplo, usar uma lata de água, um pedaço de madeira e uma pedra para explicar a flutuação dos corpos; em contrapartida, apertar a tecla de um vídeo sobre o assunto e deixar os alunos o assistirem passivamente, nada tem de tecnologia.
Diferenciar Informática Educativa e Educacional depende da concepção que se tem da utilização do computador na escola.
Informática Educativa: a informática é mais uma disciplina integrada ao currículo. Ensina-se, por exemplo, linguagens de programação e a utilizar os softwares do Office . Na maior parte dos casos não há preocupação de integração dessas aulas com outras áreas de conhecimento. Ou nos casos em que se busca a interdisciplinaridade, raramente há o envolvimento de um professor especialista daquela(s) disciplina(s) no planejamento da atividade. Dentro dessa concepção, o computador também é utilizado para que o aluno tire suas dúvidas sobre determinado conteúdo: o laboratório tem um acervo de softwares de educativos, de tutoriais, de livros multimídia, exercícios de reforço, ou seja, o computador é utilizado como máquina de ensinar. Os responsáveis pelos laboratórios são geralmente os especialistas em informática.
Informática Educacional: a informática é utilizada como um recurso, uma ferramenta para a construção de conhecimento. A principal forma de trabalhar é através de projetos, webquests, webgincanas, projetos colaborativos entre escolas geograficamente separadas, enfim, atividades planejadas sobre determinados temas, ou conteúdos didáticos de uma disciplina. Os alunos elaboram seus trabalhos utilizando softwares como os do Office, recursos de WEB 2.0 como blogs e wikis, ou até mesmo linguagens de programação. Para coleta de dados ou busca de informações utilizam os recursos disponíveis que podem ser bancos de dados, a web, participação em listas de discussão, fóruns.
Enfim, na Informática Educacional as atividades propostas e os recursos oferecidos ao aluno são pensados de forma a promover uma aula que não poderia ocorrer da mesma forma, ou até melhor, sem utilizar o computador.

Vamos discutir essas idéias?
Autor: Profª Miriam Salles
Fonte: http://miriamsalles.info/wp/?p=132

Maria da Conceição A. Nunes, 3° período - tarde/ G3

6 comentários:

  1. Conceição,

    Muito oportuna a discussão que você propõe. Uma vez que estamos estudando exatamente as abordagens de uso do computador na Educação. Ela esclarece diferenças entre o instrucionismo e o construcionismo no desenvolvimento de atividades pedagógicas mediadas por TICs.

    ResponderExcluir
  2. Supper legal essa post!
    Esclarece bem o assunto.


    Isabelle Medeiros/aluna pedagogia/ 3º periodo. 2010.1/tarde

    ResponderExcluir
  3. Ana Patrícia, G1- vespertino30 de abril de 2010 17:37

    Essa discussão foi muito bem oportuna,pois o computador realmente tem se tornado um instrumento que ajuda na construção do conhecimento dos alunos,tornando as aulas mais interativas ...

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante essa discursão, afim de esclarecer esses termos! Os termos podem até ser parecidos, mas o sentido educacional é diferente!

    Ingrid Biserra - pedagogia/ 3º período/ tarde

    ResponderExcluir
  5. Maria Gorete, Vespertino, G1.13 de maio de 2010 14:39

    Interessantíssima a discursão, uma vez que estamos a cada vez mais vivênciando essa prática, principalmente nós como futuros educadores.

    ResponderExcluir
  6. Nossa que interessante, e bem esclarecedor...
    Nunca pensei que estes termos tivessem cada um o seu significado. É a partir deste esclarecimentos que acabamos por perceber que ainda temos muito que aprender...
    Sim, só lembrando... Olha ai como os blogs facilitam e produzem além do esclarecimento a aprendizagem...
    Roberya Viana / 3º Período / G6 / turma 2 - tarde

    ResponderExcluir

Dialogue conosco, registre seu comentário