domingo, 18 de abril de 2010

Nova tecnologia japonesa permite escanear livros em segundos

Nova tecnologia japonesa permite escanear livros em segundos

16 de abril de 2010

Folhear um livro não parece ser a melhor forma de escaneá-lo, mas um grupo japonês de pesquisa da Universidade de Tóquio criou um software que permite que centenas de páginas sejam escaneadas em minutos.
Escanear papel costuma ser um processo entediante, com cada página precisando ser inserida em um scanner plano, mas o grupo liderado pelo professor Masatoshi Ishikawa usa uma câmera de alta velocidade que captura 500 imagens por segundo para escanear páginas à medida em que elas são folheadas.
Os scanners normais somente conseguem a informação que está diante deles na página. O novo scanner em desenvolvimento é capaz de ajustar as deformações feitas na imagem das páginas que estão sendo folheadas.
"Ele tira uma foto do formato, realiza o cálculo e utiliza esse cálculo para escanear", disse Ishikawa, explicando o sistema usado para reconstruir a página original. "Como ele pode filmar enquanto absorve o formato, é muito fácil capturar a página que está sendo escaneada e salvá-la como uma cópia normal".
O atual sistema é capaz de escanear, em média, de 200 a 250 páginas em pouco mais de 60 segundos usando um hardware básico de computador disponível em qualquer loja. Ainda que exija mais tempo para processar as imagens escaneadas, os pesquisadores esperam, eventualmente, tornar a tecnologia mais rápida.
"Em um futuro mais distante, uma vez que seja possível inserir esse processo em um chip e colocá-lo em um iPad ou iPod, uma pessoa pode fazer o scan usando somente esse chip. Nesse ponto, será possível escanear algo rapidamente e salvar para leitura posterior", disse Ishikawa à Reuters, apontando que uma versão comercial do sistema pode estar disponível em dois ou três anos.
Reuters
Referencia: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI4385329-EI4801,00-Nova+tecnologia+japonesa+permite+escanear+livros+em+segundos.html – acesso em 18 de abril de 2010.

Postado Por Edvalda Pereira Silva - Turma Vespertina - Grupo G2

9 comentários:

  1. Muittto interessante espero que chegue logo no Brasil!!!!

    ResponderExcluir
  2. Um software como esse permitira a digitalização rápida de documentos impressos e a criação de acervos virtuais de bibliotecas, por exemplo. Contudo, ele também pode asseverar as questões relacionadas com os direitos autorais. Pois, será mais fácil e rápido copiar e disponibilizar uma obra literária na rede.

    ResponderExcluir
  3. É impressionante como a tecnologia vem tentando incluir todas as pessoas e tambem fazer com que o nosso tempo precioso possa ser aproveitado, gostoi muito desta postagens espero que ao chegar aqui no Brasil seja usado de forma correta, assim podendo facilitar os nossos trabalhos!

    ResponderExcluir
  4. Depois do comentários relatados acima gostaria de fala sobre o uso da tecnologia digital na Educação de Jovens e Adultos;As possíveis contribuições do uso das Tecnologias Digitais (TDs) na Educação de Jovens e Adultos (EJA) no processo ensino-aprendizagem em uma escola que possui boas condições para sua implementação. Contribuir para um melhor entendimento de como os professores e alunos da EJA tem usado as tecnologias digitais no cotidiano escolar apontando pistas para a capacitação dos professores e o aprimoramento do uso de tais ferramentas na EJA.

    Aluna: Sanara Maria do 3º período de Pedagogia.

    ResponderExcluir
  5. Sawana- G1- tarde22 de abril de 2010 18:42

    Eu quero um desses.kkkkkkk...
    Isso é uma das funcionalidades da tecnologia tornar a vida mais prática. É uma pena que pouca gente terá acesso a esse software. Por isso a necessidade de cada profissional, especialmente os pedagogos,de uma realização de cursos que qualifiquem o profissional, aliando sempre a tecnologia com a educação.

    ResponderExcluir
  6. Ter livros a disposição de forma virtual é ótimo para fomenta a pesquisa, e essa máquima é extraordinária para multiplicar exemplares. Mas livros virtuais é algo que vai além de escaneá-los, pois isso só seria possível com a autorização de editoras e autores, considerando as questões de propriedade.
    Essa máquina facilita a pirataria.
    Boa matéria Edvalda.

    Cledson - G2 - Turma 02 tarde

    ResponderExcluir
  7. Valdinélia V de Souza 3º periodo/tarde G2

    É um exelente projeto pois facilitara bastante a vida de nós pesquisadores , já que é complicado e burocrático podermos copiar de livros.
    aho que também quero um pra mim vice Sawana kkkk

    ResponderExcluir
  8. Muito muito legal!!! super funcionalidade!!!

    Isabelle Medeiros/ G7/ Tarde

    ResponderExcluir
  9. A ideia é boa, mas ao mesmo tempo preocupante. E os direitos autorais destes escritores? Hoje para encontrarmos uma livraria já é difícil, imagine com essa tecnologia? Será que o futuro das livrarias será o mesmo das lojas de cd's?

    ResponderExcluir

Dialogue conosco, registre seu comentário