terça-feira, 10 de agosto de 2010

Tecnologias nas instituições de ensino: impactos na concretização do projeto pedagógico


O mundo sofre tranformações todos os dias, mas a educação em seus métodos pouco se transforma. A inserção de novas tecnologias suscita reflexões sobre as mudanças que precisam ser feitas na educação, em busca de novos conhecimentos, levando em consideração que são necessários novos métodos pedagógicos que relacionem educação e tecnologia, em sintonia com as propostas educativas da instituição de ensino. Definições essas que devem ser explicitadas no projeto pedagógico, tais como: a metodologia, os aportes teóricos, o planejamento etc. No projeto, deve-se ainda especificar se o objetivo do uso das tecnologias é ter apenas aulas de informática ou aulas com informática. Assim, a autora evidenciou no texto a necessidade de um sólido planejamento, realizado com a participação de todos os professores, deliberando sobre as decisões que devem ser tomadas, tais como: os objetivos de ensino, os usuários, os usos dos computadores nas atividades curriculares, a formação docente e etc.


GRUPO 3


ERICA ALVES
MARIANA RODRIGUES
MORGANA KELLY
KARLA CAROLINE
JANAINA
JAIANE


REFERÊNCIA: KENSKI, V.M. Tecnologia e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2003, p. 69-82.

8 comentários:

  1. Mônica Duarte da Silva16 de agosto de 2010 11:34

    De fato, para a inserção das novas tecnologias no processo de ensino é preciso planejamento, para que as novas tecnologias não sejam apenas um instrumento de sofisticação do método ultrapassado já utilizado. Assim, necessário é que haja toda uma preparação por parte daqueles que devem ajudar os alunos na construção do conhecimento; onde aqueles possam usar de maneira mais ampla e inusitada essas novas tecnologias, trazendo maiores vantagens aos seus alunos.

    ResponderExcluir
  2. oi meninas estou passando para dizer quanto achei interessante essa postagem de vocês,ela nos trás uma polemica e forte discussão, que nos mostra a necessidade de possuimos a pratica dessas tecnologia(computadores) em nossas escolas,precisamos ter uma capacitação adquada para podermos utilizar de forma correta os dispositivos móveis na nossa educação.

    kássya dos Santos

    ResponderExcluir
  3. O Planejamento da escola,assim como a inclusão desse trabalho em seu Projeto Pedagógico Escolar, é de suma importância, pois ao se planejar a escola passa a conhecer melhor sua clientela: Quem são esses alunos, o que eles precisam aprender no presente momento, em que nível social eles estão,etc. Assim será mais fácil desenvolver a maneira certa de usar esses novos recursos tecnológicos, levando-os a pensar, organizar as informações recebidas e construir conhecimento.

    ResponderExcluir
  4. O comentário acima foi feito pela aluna Luzimeire Meireles.

    ResponderExcluir
  5. Essas novas tecnologias veio para melhorar a qualidade do ensino, mas primeiramente é necessário uma boa qualificação da parte docente, assim como, um bom planejamento para executar com qualidade as novas metodologias, pois é através desses objetivos que se obtém uma boa aprendizagem.
    Alenilda Araújo

    ResponderExcluir
  6. concordo com as meninas precisa ser trabalhado a qualificação do corpo docente, para que ocorra uma evolução dos alunos em relação ao conhecimento de sala de aula aplicado com a informática, não apenas aprender a manusear o computador,mas utilizá-lo como uma das fontes de conhecimento.
    Taynná Henrique

    ResponderExcluir
  7. Quando pensamos em projeto político-pedagógico, estamos falando da intencionalidade da ação educativa. Educar tem objetivos estabelecidos. Para alcançar tais objetivos, os educadores precisam fazer escolhas que passam, inicialmente, pela concepção de mundo, de sujeito, de educação. A partir de então, podemos elencar quais as teorias que nos ajudarão a organizar o trabalho pedagógico, quais os conteúdos e as metodologias adotadas no ensino e como avaliaremos a aprendizagem. Por isso, o projeto político-pedagógico tem tanta relevância nas instituições de ensino. Contudo, sua importância só se torna efetiva se ele for uma construção do grupo de docentes que, conscientes de sua função social, tentam organizar a ação educacional e exercer com compromisso político e ético sua profissão.

    ResponderExcluir
  8. Concordo plenamente,mas a realidade é bem diferente.Estudei em escola pública e por diversas vezes vi a sala de computação fechada ou então sendo usada por professores e aberta para os alunos bem próximo ao fim do ano.Muito fácil dizer, principalmente em época de eleição, que milhões de computadores serão entregues às escolas para que os alunos interajam com os avançoes tecnológicos,mas do que adianta se todo esse aparato, na realidade, não chega as mãos do alunos?Políticas que insiram os alunos nesse meio,existem,aos montes,mas falta coloca-las em prática.Falar, tão somente, não ajuda em nada.

    ResponderExcluir

Dialogue conosco, registre seu comentário